Fundação vai ajudar negócios na zona leste

Para tentar reverter carência de negócios e empregos na zona leste, a Fundação Tide Setubal acaba de lançar um fundo de investimento para financiar pequenos empreendedores na região. O Comunidade Zona Leste Sustenta dará aportes de até R$ 50 mil a negócios em Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista e São Miguel.

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2010 | 00h00

A seleção de projetos será feira por editais. O primeiro, com recursos de R$ 400 mil, começa a receber inscrições a partir de amanhã pelo site www.zlsustenta.org.br. "Queremos empreendimentos com compromisso social e sustentável", explica Maria Alice Setubal, presidente da Fundação. Cooperativas, pequenas confecções e empresas de alimentação foram identificadas como setores potenciais.

Além do aporte financeiro, o Zona Leste Sustenta vai oferecer capacitação. Já houve encontros com 35 empreendedores locais, que devem ser contemplados.

O fundo vai exigir uma série de contrapartidas, como empregar mão de obra local. Segundo os organizadores, o maior desafio do projeto é a informalidade. Por isso, a Subprefeitura de São Miguel já trabalha na identificação de pequenos negócios para auxiliar na legalização das empresas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.