Funcionários públicos pedem aumento salarial na Avenida Paulista

De acordo com a Polícia Militar, grupo caminha em direção ao Banco do Brasil e deve reunir mil pessoas

Gheisa Lessa, de O Estado de S. Paulo,

31 Julho 2012 | 16h04

SÃO PAULO - Cerca de 500 funcionários do judiciário nacional, da área da saúde e do Banco Central protestam na Avenida Paulista por melhores condições de trabalho e aumento salarial, nesta terça-feira, 31. De acordo com a Polícia Militar, o grupo caminha em direção ao Banco do Brasil, localizado no número 2015 da Rua Augusta.

Os membros da manifestação contam com um carro de som e a movimentação ocupa uma faixa da avenida, afirma a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A ocupação interfere no tráfego de veículos no sentido Consolação da avenida.

O grupo começou a se reunir por volta das 10h no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), de acordo com a PM, mas apenas às 13h40 a CET registrou o manifesto. A previsão da polícia é de que o grupo aumente para mil pessoas.

Mais conteúdo sobre:
Protesto avenida paulista são paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.