Funcionários de empresa de ônibus fazem paralisação na zona leste

Motoristas e cobradores da Viação Himalaia alegam falta de pagamento; ao menos 30 linhas são afetadas

Marília Lopes e Ricardo Valota, Central de Notícias

01 Fevereiro 2011 | 05h51

SÃO PAULO - Os funcionários da Viação Himalaia, que atende parte da zona leste de São Paulo, iniciaram uma greve na madrugada desta terça-feira e está afetando o transporte de passageiros nas regiões de São Mateus e Cidade Tiradentes. Segundo trabalhadores, às 10h teve início uma reunião para decidir os rumos da paralisação.

 

Veja também:

blogAcompanhe a situação do trânsito na cidade

som Ouça notícias ao vivo na Eldorado AM

 

Os funcionários da garagem 2 da empresa, em Sapopemba, decidiram pela paralisação ontem à tarde, alegando falta de pagamento de direitos trabalhistas. Cerca de 1000 pessoas - entre motoristas, cobradores e trabalhadores das áreas administrativa e de manutenção - estão parados.

 

As principais linhas da empresa ligam as regiões de São Mateus e Cidade Tiradentes ao Terminal Parque Dom Pedro, no centro, e a estações do Metrô. Ao todo, estão parados 305 coletivos que atendem 30 linhas.

 

Para diminuir os efeitos da paralisação, a São Paulo Transportes (SPTrans) colocou em prática o Plano de Atendimento Entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) para atender as principais linhas atendidas pelas empresa. São 65 veículos operam nas oito linhas que tem maior fluxo de passageiros.

 

As linhas operadas pelo Paese são:

 

- 374T/10 Cidade Tiradentes - Metrô Vergueiro

- 3070/10 Jd. Limoeiro - Term. São Mateus

- 3390/10 Term. São Mateus - Term. Pq. D. Pedro II

- 3391/10 Term. São Mateus - Term. Pq. D. Pedro II

- 3391/31 Term. São Mateus - Term. Pq. D. Pedro II

- 3539/10 Cidade Tiradentes - Term. Pq. D. Pedro II

- 3539/31 Cidade Tiradentes - Term. Pq. D. Pedro II

- 3775/10 Jd. Rodolfo Pirani - Metrô Carrão

 

Atualizado às 11h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.