Funcionários da Sabesp vão entrar em greve nesta 4ª

Abastecimento não será afetado; nova assembleia será realizada ainda na quarta-feira

Carolina Spillari, Central de Notícias

31 Maio 2011 | 20h40

SÃO PAULO - Os trabalhadores da Sabesp decidiram em assembleia nesta terça-feira, 31, entrar em greve a partir desta quarta-feira, 1º. De acordo com o sindicato da categoria, o Sintaema, os serviços essenciais não serão afetados pela paralisação.

 

Veja também:

linkMetrô deverá manter 90% dos trens nos horários de pico nesta quarta

 

As negociações já chegam a quinta rodada, ocorrida nesta terça-feira, e até agora os trabalhadores da Sabesp não aceitaram a proposta patronal, considerando-a insuficiente.

 

A empresa oferece reajuste salarial de 6,39% sobre os salários e benefícios, garantia no emprego de 98% do efetivo, aumento real de 1,30%, reajuste de 15% na gratificação de férias e ampliação da licença maternidade de 120 para 180 dias.

 

Uma nova assembleia está marcada para esta quarta-feira, 1º, para avaliar os rumos da greve.

Mais conteúdo sobre:
Sabespabastecimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.