'Funcionário não voltará ao cargo', diz Kassab

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) afirmou que ficou "espantado" com as denúncias e disse que a Prefeitura terá "atitudes exemplares" se comprovadas as suspeitas de corrupção.

O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2012 | 03h03

"A Corregedoria recomendou o afastamento (de Hussain Aref). E ele já tinha sido por alguns dias, por motivo de saúde. De qualquer maneira, prevalece a recomendação, ele não voltará", afirmou.

Kassab disse que a administração recebeu duas denúncias anônimas relatando atividades criminosas relacionadas a outorgas onerosas, que foram encaminhadas à Corregedoria. Questionado sobre outros processos, por improbidade administrativa, a que Hussain Aref responde desde 2009, ele afirmou que se trata de uma questão "específica". / A.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.