Funcionário é morto em assalto a hipermercado

Um fiscal de caixa foi morto na noite de anteontem em assalto ao hipermercado Extra em Taubaté, no interior paulista. Um ex-funcionário é suspeito de ter participado da ação. A vítima, Murylo Mendes Guedes, de 21 anos, foi feito refém pelos criminosos, que queriam chegar à tesouraria. Guedes disse que não tinha acesso ao local e um dos criminosos atirou na sua cabeça. Um homem foi preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.