Funcionário do SBT é baleado em tentativa de assalto em São Paulo

Assistente preparava entrada de link ao vivo quando foi abordado; suspeitos ainda não foram identificados e fugiram sem levar nada

Fábio Rossini e Mônica Reolom, Especial para o Estado

30 Julho 2014 | 15h07

Atualizada às 20h58

SÃO PAULO - Um funcionário do SBT de 34 anos foi baleado no abdome após uma tentativa de assalto, no início da manhã desta quarta-feira, 30, na Praça Thomas Morus, no bairro da Água Branca, zona oeste de São Paulo.

Ricardo Leandro Chagas, assistente de cinegrafista, estava por volta das 6h30 em uma moto Yamaha branca, perto da passarela da Avenida Antártica, perto de outro carro com uma equipe da emissora. Ele se preparava para gravar imagens do trânsito para o telejornal que vai ao ar ainda pela manhã quando dois suspeitos o abordaram. Eles também estavam de moto e, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ambos portavam armas. Os assaltantes exigiram a chave da moto de Chagas. Mandaram que ele levantasse aos mãos, mas, segundo a SSP, um dos criminosos se assustou ao perceber os colegas da vítima por perto e atirou em seu abdome.

Chagas tentou correr, mas caiu logo em seguida. Ele foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital das Clínicas. Às 19 horas, o hospital informou que o assistente estava conversando e seu estado de saúde era estável. Nenhum órgão vital foi atingido.

A moto de Chagas não foi levada e os criminosos ainda não foram identificados pela polícia. O caso foi registrado como tentativa de roubo e será investigado no 23.º DP (Perdizes).

No SBT, Chagas é conhecido pelos colegas como “Mancha”, referência à principal torcida organizada do Palmeiras, seu time do coração. 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo SBT Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.