Frota escolar é incendiada e aulas são suspensas em Pardinho

Chamas destruíram 14 veículos, entre eles os 10 ônibus usados no transporte de estudantes; polícia investiga se foi ação criminosa

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

24 Fevereiro 2015 | 08h27

SOROCABA - As aulas estão suspensas em 50% das escolas de Pardinho, na região de Botucatu, no interior de São Paulo, desde que um incêndio destruiu, na noite de domingo, 12, toda a frota escolar do município. As chamas consumiram totalmente 14 veículos, entre eles os 10 ônibus usados no transporte de alunos. O prejuízo é de mais de R$ 2 milhões.

A prefeitura pediu ajuda à Secretaria Estadual de Educação para retomar o transporte. A prefeitura de Botucatu também deve ceder veículos para que o transporte seja retomado nesta quarta-feira, 25.

O incêndio atingiu os veículos que estavam estacionados no pátio da prefeitura. O vigia noturno disse que não percebeu nenhuma movimentação suspeita e só viu quando as chamas já se alastravam.

Moradores tentaram apagar o fogo, sem sucesso. Os bombeiros chegaram a tempo de evitar que alguns caminhões também fossem queimados. A Polícia Civil de Botucatu, que investiga o caso, não descarta a possibilidade de incêndio criminoso. Imagens de câmeras instaladas nas imediações serão analisadas.

Mais conteúdo sobre:
Pardinho São Paulo Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.