Frio perde força em São Paulo e umidade do ar continua baixa

A quarta-feira na capital paulista amanheceu ensolarada e com poucas nuvens

Amanda Valeri, da Agência Estado,

01 de agosto de 2007 | 12h55

A massa de ar polar que chegou a São Paulo no final de semana, que ocasionou recordes de mínimas na madrugada de segunda-feira, perde intensidade e abre espaço para o sol e para a elevação da temperatura em todo o Estado.   A quarta-feira amanheceu ensolarada e com poucas nuvens. Segundo a Climatempo Meteorologia, os termômetros já registraram temperaturas mais altas nesta manhã e a máxima desta quarta-feira, 1, pode chegar aos 24 graus. No Mirante de Santana, na zona norte, onde é medida a temperatura oficial da cidade, os termômetros registraram 9,3 graus no início da manhã. Na quinta-feira o dia começará um pouco gelado, mas o sol ganhará força: a mínima deve ser de 11 graus e a máxima pode atingir os 26 graus.   "A forte massa de ar polar que chegou no final de semana em São Paulo já está perdendo força e as temperaturas estão subindo rápido e este quadro ficará até sábado", afirmou a meteorologista Fabiana Weykamp, da Climatempo.   A Climatempo apontou que não há previsão de chuva na cidade. Com o ar seco, a umidade relativa do ar tende a diminuir nos próximos dias. "Ontem a umidade ficou em torno dos 48%. Ainda não estamos em valores críticos, mas até sábado a umidade por ficar entre 30% e 40%", acrescentou Fabiana.   A próxima massa de ar polar está prevista para domingo. No entanto, ela será de fraca intensidade, mas barrará a elevação das temperaturas que está sendo observada a partir de hoje. "Haverá um aumento de nebulosidade o que indica que as temperaturas vão cair um pouco, mas nada parecido com o que foi sentido na segunda-feira", afirmou a meteorologista da Climatempo, acrescentando que esta nova massa de ar polar trará chuva apenas para o litoral paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
temperaturafrioumidade relativa do ar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.