Daniel Teixeira / Estadão
Daniel Teixeira / Estadão

Frio em São Paulo: saiba como ajudar moradores de rua e fazer doações

Entidades estão arrecadando roupas e cobertores; governo de São Paulo lançou a campanha Inverno Solidário

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2022 | 17h49

Diversas entidades arrecadam roupas e cobertores e fazem doações para pessoas em situação de vulnerabilidade em São Paulo. A doação é simples: basta procurar os endereços e entregar as peças limpas e em boas condições. 

Paralelamente, na última terça-feira, 10, o governo de São Paulo lançou a campanha Inverno Solidário 2022 para arrecadar cobertores novos para doações. As doações poderão ser entregues nos pontos de coleta instalados nas estações de trens e metrô, terminais de ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e unidades do Poupatempo.

A população em geral pode ajudar as pessoas em situação de rua solicitando uma abordagem social por meio da Central 156 (ligação gratuita). O serviço funciona 24 horas por dia e a solicitação pode ser anônima. 

Nesta quarta-feira, 18, a média de temperatura mínima em São Paulo foi de 7°C, estabelecendo um novo recorde de madrugada mais fria do mês de maio desde que se iniciaram as medições do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) em 2004. A menor média de temperatura mínima da cidade era de 7,5°C, registrado no dia 25 de maio de 2007.

Outros pontos de doação de roupas e cobertores em SP:

Paróquia São Miguel Arcanjo (Padre Julio Lancellotti)

Rua Taquari, 1100 (Belenzinho, Centro de São Paulo)

Entrega por SP

Rua Harmonia, 1275 - Vila Madalena

Rua João Moura, 613 - Pinheiros

Avenida Paulista, 2537, 9º andar - Bela Cintra

R. Clodomiro Amazonas, 889 - Vila Nova Conceição

Solidariedade Vegan

Rua Cesário Ramalho, 157 - Cambuci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.