Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Frio aumenta e chuva tende a diminuir nos próximos dias em SP

CGE registra nos três primeiros dias de junho 21,8 mm de chuva; a média esperada é de 51,1 mm para todo o mês

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2019 | 15h46

SÃO PAULO - Uma frente fria se afasta do litoral paulista e o tempo deve mudar nos próximos dias, entretanto o vento frio e úmido mantém a temperatura baixa e a sensação de frio. Nesta terça-feira, 4, céu ficará encoberto e haverá garoa. As temperaturas devem ser mínima 13ºC e máxima de 18ºC.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), nos três primeiros dias de junho foram registrados 21,8 mm de chuva. Somente na última madrugada, entre meia-noite e 7 horas desta segunda-feira, 3, choveu 6,6mm. A média esperada é de 51,1 mm para todo o mês de Junho.

De acordo com o meteorologista Michael Pantera, do CGE, junho é um mês instável com chuva irregular. "Em junho de 2018, o CGE registrou 13,9 mm de chuva. Em 2002, há registro de 1,05 mm. Em 2012, foi o junho mais chuvoso com 191,4 mm de precipitação", disse.

Pantera explica que o aumento da temperatura do Oceano Atlântico, a presença do El Niño e a frente fria que passou pela cidade influenciaram no volume de chuva dos três primeiros dias de junho.

Segundo o CGE, na quarta-feira,5, o sol retorna entre nuvens, mas a sensação geral ainda deve ser de frio. As temperaturas variam entre mínimas de 12°C e máximas que não devem superar os 21°C. Não há previsão de chuvas significativas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.