Frente a frente com Jair Bolsonaro, deputado federal (PP-RJ)

1.O senhor apoia a decisão do Sistema Único de Saúde de pagar por cirurgias de mudança de sexo?

Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2013 | 02h04

Lógico que não. Eu vejo mulheres que clamam por uma cirurgia reparadora de seios após um câncer e não conseguem na rede pública. Colega pobre que me liga dizendo que foi amputado, quer andar e não consegue uma prótese. São tantas coisas nobres para você gastar recurso e o governo vai gastar grana para o cara cortar o "piu-piu" dele? Não tinha que fazer para nenhum dos dois lados. O dinheiro público não deveria ser gasto em nenhum desses caprichos.

2.Qual sua opinião sobre a redução da idade para início do tratamento de 18 para 16 anos?

O vice-presidente Michel Temer acabou de declarar que não aceita reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos. Agora eu pergunto: o moleque com 16 anos está perfeitamente emancipado para decidir que quer começar o tratamento hormonal para virar mulher? É só para mudar de sexo que a cabeça dele está pronta? É uma incoerência. Estamos afundando econômica, social e moralmente. Os valores da família estão cada vez mais solapados.

3.Existe alguma outra maneira de dar assistência para essas pessoas? Qual?

Isso é problema deles, que troquem de sexo com recursos próprios. O governo não tem de dar apoio nenhum.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.