Foz do Iguaçu lidera ranking pela segunda vez

Pelo segundo ano consecutivo, Foz do Iguaçu (PR) ocupa o primeiro lugar no ranking nacional de homicídios juvenis. Segundo o IHA, as chances de um jovem da fronteira morrer assassinado é quatro vezes maior que no restante do País. São estimados pelo menos 526 homicídios de jovens entre 2007 e 2013. O levantamento mostra que o índice de Foz piorou entre 2005 e 2007, subindo de 9,65 mortes por grupo de mil habitantes para 11,75, contra 2,67 da média nacional. O perfil das vítimas, a maioria homens com passagem pela polícia, a localização da cidade, rota de contrabando e tráfico, e a falta de perspectivas socioeconômicas são fatores que contribuem para o cenário.

Fabiula Wurmeister, O Estado de S.Paulo

09 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.