Fotógrafo registra Pacaembu em pinhole

Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho: O Pacaembu foi inaugurado por Getúlio Vargas, em 1940

Ana Bizzotto, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2010 | 00h00

Fotógrafo há 25 anos, Ricardo Hantzschel, de 46, ainda se encanta com o Estádio do Pacaembu, onde viu o primeiro jogo de sua vida. "Eu tinha 8 anos. Era um São Paulo X Portuguesa", lembra. "Já vi jogos memoráveis lá. Também participava de campeonatos intercolegiais de basquete no estádio, onde ocorriam as partidas mais importantes."

Com uma de suas cinco câmeras pinhole - aparato artesanal feito com caixa ou lata vedada, onde a luz penetra por pequenos furos feitos com agulha -, ele registrou a fachada do estádio. O resultado é a imagem ao lado, exposta com outras fotos de São Paulo na mostra Cidade Múltipla, em cartaz na Caixa Cultural São Paulo até 5 de julho.

"Rodei bastante para encontrar um ângulo inusitado", conta Hantzschel, que já havia fotografado o local com uma pinhole há dez anos. "Esse Pacaembu só existe dentro da minha câmera. Na era dos equipamentos industriais, ter uma câmera que sai dos padrões e vê o mundo de forma tão singular é um privilégio."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.