JB Neto/AE
JB Neto/AE

Foto no Orkut denuncia suposto sequestrador preso no litoral de SP

Eduardo foi reconhecido pela comerciante como um dos homens que fazia a segurança do cativeiro; foto estava no perfil do filho do acusado

Bruno Lupion e JB Neto, do estadão.com.br,

16 Setembro 2010 | 09h43

SÃO PAULO - Denunciado por uma foto no Orkut, Eduardo Trigo Marques dos Santos, 34 anos, suspeito de sequestrar uma comerciante há dois meses, foi preso na quarta-feira, 16, em São Vicente, no litoral do Estado. A vítima encontrou o perfil do filho de Eduardo na rede social, com uma foto ao lado do pai, e informou a polícia.

 

Investigadores do Setor de Investigação Geral (SIG) da Delegacia de Barueri monitoraram Eduardo e o prenderam em casa, junto com sua namorada, Kelly Daniely da Silva, 20 anos. Na residência, encontraram cerca de 25 kg de maconha, armazenada em tijolos e também fracionada para venda.

 

A comerciante foi sequestrada no dia 13 de março, em Vargem Grande Paulista, na Grande SP, e levada para São Vicente. A vítima passou os três primeiros dias presa dentro de uma fossa, numa região de mangue, e depois foi transferida para um sobrado. Após quinze dias de cativeiro, uma denúncia anônima levou os policiais ao local e a ela foi libertada. Na ocasião, um homem acabou preso.

 

Eduardo foi reconhecido pela comerciante como um dos homens que fazia a segurança do cativeiro. Segundo a polícia, ele já foi condenado pelo crime de extorsão mediante sequestro e é foragido da penitenciária de Valparaíso - beneficiado no ano passado pela saída temporária do Dia das Crianças, não voltou à prisão. Eduardo e Kelly foram presos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Mais conteúdo sobre:
São PaulolitoralsequestroOrkut

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.