Fornecedor de mercadorias da Rua 25 de Março é preso em SP

Identificado como J.N., ele é acusado de ser o principal fornecedor de materiais contrabandeados da região

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

17 de setembro de 2008 | 10h46

Foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira, 16, J.N., proprietário de um dos maiores depósitos de mercadorias contrabandeadas na cidade de São Paulo, com a suspeita de ser o maior fornecedor de produtos da Rua 25 de Março, segundo informações da Polícia federal.   Galpão de 5 mil metros quadrados onde ficavam armazenados os produtos contrabandeados   Além da prisão, foram apreendidos 300 toneladas de mercadorias contrabandeadas, avaliadas em aproximadamente em R$ 5 milhões.   A organização, segundo a PF, mantinha bases nas cidades de São Paulo e Guarulhos, adquirindo mercadorias diversas (brinquedos, bijuterias, material de papelaria, moda, cosméticos, artigos para decoração etc), vindas principalmente de países orientais.   Entre as milhares de caixas apreendidas, estão brinquedos e outros objetos de origem chinesa   A quadrilha burlava a fiscalização com documentações e informações falsas para abastecer comerciantes de São Paulo. J.N. Está preso em São Paulo e aguarda determinações da justiça, onde responderá pelo crime e pegar até 4 anos de reclusão.

Tudo o que sabemos sobre:
contrabandoRua 25 de março

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.