Forma foi escolhida por melhor acústica

Em 1970, a arquiteta e chefe da Engenharia de Prédios da Companhia Telefônica Brasileira, Chu Ming Silveira, soube que a empresa buscava uma alternativa para substituir as cabines cilíndricas. Assim, ela deu início ao projeto do abrigo oval de fibra de vidro acoplado a um suporte.

O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2012 | 03h07

De acordo com o engenheiro Clóvis Silveira, ex-companheiro de Chu Ming, o formato oval foi escolhido por ter melhor acústica. "A principal característica desse mobiliário urbano era proteger o aparelho telefônico. O modelo foi adotado por todo Brasil e exportado", disse. / F.N.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.