Força-tarefa detém 5 pessoas jogando lixo nas ruas de SP

Infratores flagrados são conduzidos até a Delegacia de Investigações Sobre Infrações Contra o Meio Ambiente

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

11 Fevereiro 2010 | 08h31

Cinco pessoas foram detidas nos últimos dois dias por jogar lixo em via pública durante uma operação das Subprefeituras da Casa Verde/Cachoeirinha/Limão e da Freguesia do Ó, em parceria com a Polícia Militar e Civil, na zona norte de São Paulo.

 

Veja também:

link PM realiza blit para flagrar quem suja a idade durante a noite

 

Na madrugada desta quinta-feira, 11, um homem foi flagrado descartando caixas de madeira, papéis, sacos plásticos e restos de frutas e legumes na calçada da Rua Barão de Santo Ângelo, próximo ao cruzamento com a Rua Capitão Pena de Oliveira, no Parque São Luis, região da Vila Brasilândia.

 

Além de jogar lixo em local irregular, a Carteira Nacional de Habilitação do homem estava vencida e o caminhão, um Mercedes-Benz, estava com a documentação irregular, fato que motivou as autuações previstas no Código de Trânsito Brasileiro.

 

O infrator foi então conduzido pelos policiais civis até a Delegacia de Investigações Sobre Infrações Contra o Meio Ambiente para o registro da ocorrência.

 

Na madrugada desta quarta-feira, 10, quatro pessoas foram detidas pelo descarte irregular de entulho e bagulho em um dos pontos viciados de lixo da região do bairro do Limão, durante o monitoramento na Rua São Leandro e entorno. Depois de assinarem um termo circunstanciado, elas foram liberadas.

 

Dois veículos também foram apreendidos, um Fiat Strada, que está na 13ª Delegacia de Polícia Civil da Casa Verde, e uma Kombi, que se encontra no pátio da Subprefeitura.

 

A subprefeitura local utilizou 10 caminhões, uma retroescavadeira e 70 homens para retirar cerca de 20 toneladas de entulho (o equivalente a 12 caminhões cheios) de uma única via. Também foram recolhidos mais de 500 pneus que serão levados para reciclagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.