Força-tarefa de 31 subprefeituras recolhe 9 mil faixas e cartazes irregulares

Durante força-tarefa que reuniu funcionários das 31 subprefeituras na quinta-feira, a Prefeitura retirou dos postes cerca de 8 mil lambe-lambes e recolheu mil faixas e banners que violavam a Lei Cidade Limpa. "Estamos fazendo uma "cruzada" contra esse tipo de propaganda", disse o coordenador do grupo especial de fiscalização da Lei Cidade Limpa, José Rubens Domingues Filho. A maior dificuldade é identificar quem colocou a faixa e quem anuncia o serviço - em geral, as faixas só informam o telefone. Quem viola a lei está sujeito a uma multa de R$ 10 mil. Um mercado que tenha dois anúncios irregulares, por exemplo, pagará R$ 20 mil. A fiscalização da lei foi intensificada pela Prefeitura em fevereiro deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.