Força Nacional ocupa lugar de PMs em greve

A Força Nacional de Segurança assumiu, no fim de semana, as funções da Polícia Militar do Piauí - 130 homens e 30 viaturas estão nas ruas fazendo policiamento ostensivo, com ajuda de militares que não aderiram à greve. A paralização já dura uma semana e foi considerada ilegal pela Justiça. Decisão do desembargador Luiz Gonzaga Brandão de Carvalho determina que, em caso de descumprimento, seja aplicada uma multa de R$ 10 mil por dia para associações que representam policiais militares e bombeiros.

, O Estado de S.Paulo

15 de agosto de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.