Foragido é preso com metralhadora de uso militar em Osasco

Arma calibre 9 mm estava carregada com 21 cartuchos; investigadores seguiram denúncias de vizinhos

estadao.com.br,

21 de outubro de 2009 | 10h26

Foragido há mais de cinco meses, quando recebeu permissão para saída temporária de Dias das Mães, Fábio Silva Pereira, de 28 anos, que cumpre pena por assaltos, foi detido, no início da noite desta terça-feira, 20, na cidade de Osasco, região oeste da Grande São Paulo, por agentes da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise).

 

Condenado a 14 anos por assaltos realizados em Osasco, Bauru (interior paulista), e Terra Branca, no Paraná, Fábio Pereira havia cumprido três anos de reclusão no presídio de Itapetininga (SP) quando não voltou para a prisão após ser beneficiado pela saída do Dias das Mães.

 

Nos últimos 5 meses, o condenado esteve escondido na casa da mãe, no Jardim Padroeira, periferia de Osasco, onde vivia também com a esposa e o filho, recém-nascido. Os investigadores localizaram Fábio após denúncias anônimas de pessoas que moram próximo da casa onde ele estava.

 

Na casa, os policiais encontraram metralhadora calibre 9 mm, de fabricação argentina e de uso exclusivo das Forças Armadas. A arma estava carregada com 21 cartuchos, metade de sua capacidade total. Na opinião dos policiais, a arma seria usada ainda nesta semana.

 

Fábio foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de uso restrito e pode pegar até mais 6 anos de reclusão. O recapturado deve ser transferido, ainda nesta quarta-feira, 21, para o presídio de onde escapou.

Tudo o que sabemos sobre:
metralhadorapolíciaprisãoosasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.