Foragido de roubo do BC é morto no Ceará

A polícia cearense matou anteontem um dos assaltantes dos R$ 164,7 milhões do Banco Central, em Fortaleza, em 2005. Ricardo da Costa foi morto em tiroteio com a polícia depois do assalto a uma agência do Banco do Brasil em Palhano. Na fuga, outros três comparsas também acabaram executados pela PM. Costa estava foragido desde o roubo do BC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.