FELIPE RAU/ESTADÃO
FELIPE RAU/ESTADÃO

Food truck e ciclovia vão ‘descer’ a serra

Manias dos paulistanos serão as novidades da temporada em Ilhabela e Bertioga

Mônica Reolom, O Estado de S. Paulo

20 Dezembro 2014 | 17h48

ILHABELA - Ciclovia em Ilhabela ou festival de food truck na Riviera de São Lourenço? Quem for para o litoral norte de São Paulo nesta temporada – aberta oficialmente amanhã, com a chegada do verão – poderá aproveitar essas e outras novidades. Mas terá de se preparar para uma possível falta de água na região. 

Com previsão de abertura para o início do janeiro, a ciclovia na orla de Ilhabela fará a ligação entre a balsa, na Barra Velha, e o Perequê. A via exclusiva para bicicletas será uma passarela de madeira estaiada, e ficará visível já na chegada a Ilhabela. “É uma obra que facilita a entrada e a saída da cidade, diminuindo os transtornos da fila da balsa em dias de pico”, diz o prefeito Toninho Colucci (PPS).

A ciclovia, segundo os moradores, será mais útil para os turistas. “Vai ser melhor do que hoje por ter outra opção, mas eu já uso a ciclovia por dentro da cidade para fazer meus trabalhos. Será bom para quem vem de São Sebastião, não para quem mora aqui”, afirma Santo Coutinho da Silva, pedreiro de 66 anos. “Há vários outros locais da cidade que precisam mais da ciclovia do que orla, por causa do trânsito.”

A funcionária de uma marina na frente da ciclovia, que não quis se identificar, reclamou que os barcos terão de “dividir” espaço com as bicicletas porque, para chegar ao mar, as embarcações terão de ser levadas por parte da via. “Bonita vai ficar, mas não será útil porque os funcionários aqui usam as ciclovias internas. E ficará ruim, porque teremos de dividir espaço com as bicicletas”, afirma.

A passarela está sendo construída sobre o Ribeirão Água Branca. Com a conclusão deste trecho, de 3 km, a cidade terá 7 km de ciclovias no ano que vem.

Comida de rua. A moda da comida de rua que invadiu São Paulo em 2014 também chegou ao litoral. A partir de sábado, dia 27, a Riviera de São Lourenço, em Bertioga, terá o Riviera Food Fest. Em uma área de 3 mil metros quadrados, promete reunir “as melhores comidas de rua de São Paulo”.

Entre as atrações confirmadas, estão o Chef Cilli, o Maoz Vegetarian e a Cervejaria Artesanal Suméria. Os veículos de comida funcionarão diariamente, das 16h à meia-noite, até o dia 22 de fevereiro. O local terá também estacionamento para bicicletas e, nos fins de semana, música ao vivo

Falta de água. Por medo da falta de água, que já afeta bairros da capital paulista, os condomínios do litoral norte estão pedindo aos moradores que economizem nesta temporada.

“As cachoeiras turísticas aqui já estão com volume menor de água. E eu reparei que os fins de semana estão mais lotados, mesmo antes da alta temporada, porque os moradores de outras regiões do Estado estão vindo para cá para fugir de falta de água”, diz a relações públicas Mirella Amaral, de 29 anos, moradora de Maresias. “Todo ano falta água na temporada, mas neste ano os condomínios e prédios, como o meu, estão pedindo que as pessoas economizem e se preparem.”

No dia 12, o Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte lançou um alerta para que os municípios começassem a planejar o uso da água com o intuito de evitar o racionamento.

Estima-se que 650 mil pessoas chegarão à região no auge da temporada de verão. Ao longo da baixa temporada, outras 300 mil pessoas são esperadas, além da população residente.

Mais conteúdo sobre:
Food truck ciclovia praia litoral ilhabela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.