''Foi fato isolado. As pessoas podem vir para cá tranquilas''

O delegado titular da Praia Grande, Odair Fernandes Grilo, diz que a chacina de anteontem nada tem a ver com a temporada de férias e pediu aos turistas que não se assustem.

Rejane Lima, O Estado de S.Paulo

30 Dezembro 2010 | 00h00

"Não foi assalto ou latrocínio (roubo seguido de morte). Foi um fato isolado, que não tem nada a ver com a temporada de verão. Vieram executá-los aqui como iriam a qualquer outro lugar. As pessoas podem vir para cá tranquilas, porque a cidade está bem policiada", afirmou.

Na segunda-feira, a Praia Grande recebeu 346 policiais, que vão reforçar a segurança da cidade durante a Operação Verão.

No Guarujá, a polícia testa neste ano uma nova estratégia contra os bandidos: investigadores e escrivães circulam à paisana na faixa de areia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.