Fogo atinge favela depois de reintegração de posse em SP

O incêndio teria sido provocado pelos moradores, em protesto à ação de reintegração na área sob a Ponte Estaiadinha, na Marginal do Tietê

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

16 Novembro 2013 | 16h35

SÃO PAULO - Um incêndio atingiu na tarde deste sábado, dia 16, uma favela sob a Ponte Governador Orestes Quércia, na Marginal do Tietê, em São Paulo. Por causa do fogo, a ponte, conhecida como Estaiadinha, e a pista local da Marginal, no sentido Ayrton Senna, estão interditadas. Não há notícia de feridos. 

As chamas começaram por volta de 15 horas e foram controladas pelos bombeiros por volta das 17 horas. Segundo alguns moradores, o fogo teria sido ateado por eles mesmos em protesto à ação de reintegração de posse da área - determinada pela Justiça a pedido da Prefeitura de São Paulo. A Polícia Militar iniciou a operação pela manhã de hoje. 

Quando o incêndio começou, os moradores ainda retiravam seus pertences, com apoio de funcionários da Prefeitura. O fogo atingiu alguns barracos e árvores do local. A área era ocupada por mais de 700 pessoas.

*Atualizada à 17h15

Mais conteúdo sobre:
Incêndiomoradia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.