Flanelinha perde controle de carro, mata 1 e fere 3

Um homem de 61 anos morreu e três outros ficaram feridos em um acidente causado por um flanelinha que dirigia um Citröen Xsara de câmbio automático, anteontem à noite, na Rua Almirante Gonçalves, em Copacabana, zona sul do Rio. O flanelinha, conhecido apenas como William, fugiu.

FÁBIO GRELLET / RIO, O Estado de S.Paulo

19 Novembro 2011 | 03h04

Por volta das 21h, William dirigia o Xsara, que havia sido entregue pelo dono para que ele estacionasse, quando perdeu o controle do veículo. O Xsara bateu em uma perua Kombi, que foi lançada contra uma mesa onde quatro homens jogavam cartas.

Marcus Cleyton Ferreira morreu na hora. Josef Carlos Santos Reis, de 53 anos, Matias Pereira de Araújo, de 47, e Linaldo Rocha Coelho, cuja idade não foi informada pela polícia, ficaram feridos sem gravidade. Eles foram atendidos no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, zona sul.

William, que segundo testemunhas estava visivelmente embriagado, fugiu após o acidente. O dono do carro, cujo nome não foi divulgado pela polícia, contou aos policiais que mora perto do local do acidente e anteontem, ao chegar em casa, deixou o veículo para o rapaz estacionar, como já havia feito outras vezes.

A polícia tenta identificar o flanelinha, que será indiciado por homicídio culposo, lesão corporal culposa e exercício ilegal da profissão. Sua pena pode ser aumentada por omissão de socorro. O dono do veículo pode ser obrigado a indenizar as vítimas, mas só será indiciado se o flanelinha for identificado e não tiver habilitação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.