Fim de férias: rodovias cheias e voos atrasados

Na volta das férias de julho, o paulistano enfrentou ontem congestionamentos nas principais estradas do Estado e atrasos em voos dos Aeroportos de Cumbica, em Guarulhos, e Congonhas, na zona sul de São Paulo.

Diego Zanchetta, O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2010 | 00h00

A maior complicação foi registrada no retorno do litoral, com congestionamentos nas Rodovias dos Imigrantes e na Tamoios. Na Imigrantes, por volta das 21h o trânsito parado ainda somava sete quilômetros perto da chegada à capital. A Tamoios tinha lentidão perto do km 18, no sentido São Paulo, por causa de um estreitamento de pista.

Na volta do interior não houve registro de complicações.

Nos aeroportos os transtornos atingiram milhares de passageiros que voltavam das férias. Em Cumbica, 26% dos 201 voos domésticos atrasaram e 18 (8,9%) foram cancelados, segundo balanço da Infraero divulgado às 21h. Os destinos internacionais tiveram 16,3% de atrasos e 7,6% de cancelamentos. A situação foi semelhante em Congonhas, com 23,9% de atrasos de um total de 188 voos nacionais.

Problemas operacionais da empresa aérea Gol causaram o atraso de 51% dos voos domésticos e 47,7% dos internacionais. Segundo a companhia, foram 52 voos cancelados e 296 alterações de horários. O motivo do problema é o excesso de passageiros com o fim do período de férias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.