Filtro ou purificador? Eis a questão

Tudo depende da necessidade do cliente, mas especialistas recomendam sempre observar se aparelho tem selo do Inmetro

Valéria França, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2011 | 00h00

Filtro ou purificador? É a primeira dúvida de uma série que o consumidor tem na hora de escolher o aparelho ideal para instalar em casa. E a confusão costuma ser tão grande que no fim do ano passado o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) lançou um selo de eficiência dos equipamentos.

E aí vem a primeira dica: observar se o aparelho tem um adesivo azul. É ele que atesta quesitos importantes como retenção de partícula, redução de cloro livre e eficiência bacteriológica. "Mas não basta ter o selo", avisa Fabrizio Molina, gerente comercial da Europa, empresa de purificadores de água. O fabricante recebe uma espécie de nota para cada item. "O primeiro, o de redução de partículas, por exemplo, vai de P1 a P6." P1 é como conseguir um A.

Depois de checar essa informação no selo, é importante descobrir o sistema de purificação. O filtro simplesmente retira partículas em suspensão, excesso de cloro e odor. "Pode até reter bactérias", explica Álvaro Simões, gerente da divisão de purificação da 3M do Brasil, empresa que fabrica o Aqualat Bella Fonte, entre outros filtros.

Já os purificadores são aparelhos que conseguem matar bactérias, independentemente do sistema. O PA30G da Eletrolux, por exemplo, tem uma lâmpada que emite raios ultravioleta e, segundo o fabricante, atua no DNA de microorganismos. A empresa garante que esteriliza completamente a água.

Mas tudo vai depender das necessidades do consumidor. "A água que chega na torneira é boa e tratada. Caso contrário, teríamos surtos de diarreia na cidade", diz Paulo Ozon Monteiro da Silva, infectologista e clínico geral da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que não tem filtro e costuma comprar água mineral. "É por causa do gosto. O consumidor precisa tomar cuidado para não pagar por tecnologias que são desnecessárias", diz.

ONDE: EUROPA: SAC: (11) 3017-8400. ELETROLUX: SAC: 08007288778 OU WWW.ELECTROLUX.COM.BR. BRASTEMP: WWW.BRASTEMP.COM.BR OU (11) 3003-2482. CONSUL: (11) 3003-7872. DECA: WWW.DECA.COM.BR OU 0800 011 7073.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.