Filho de William Waack se envolve em perseguição policial na zona sul de SP

Leonardo Waack teria dito aos policiais que não percebeu ordem de parada

estadão.com.br

03 de novembro de 2010 | 05h37

SÃO PAULO - Diversas viaturas da três batalhões da Polícia Militar participaram, na madrugada desta quarta-feira, 3, na zona sul de São Paulo, de uma perseguição a um Subaru Impreza preto hatch que era conduzido por Leonardo Waack, de 28 anos, filho do jornalista Willian Waack, âncora do Jornal da Globo.

 

Foram pelo menos 30 minutos de perseguição após o jovem desobedecer à ordem de parada de policiais militares do 16º Batalhão, na região do Morumbi. Viaturas do 12º e 23º batalhões também entraram no circuito e Leonardo foi detido na esquina da Rua Santa Justina com a Avenida Santo Amaro, próximo da Avenida Hélio Pelegrino, região do Brooklin. O veículo está com licenciamento atrasado e o rapaz alegou que não percebeu a ordem de parada, segundo os policiais.

 

Leonardo foi encaminhado ao 15º Distrito Policial, no Itaim Bibi, e autuado pela delegada Beatriz Bravo Hernandez. O rapaz foi liberado por volta das 5 horas, assim como o veículo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.