Filho de comandante da PM é detido em SP

O filho do coronel Alvaro Batista Camilo, comandante-geral da Polícia Militar no Estado de São Paulo, foi detido na madrugada de ontem e levado para o 9.º Distrito Policial (Carandiru) acusado de agredir uma garota de programa em um prostíbulo na Rua Jovita, em Santana, na zona norte da capital. Até as 18h de ontem, Adriano Sorensen Camilo, de 28 anos, permanecia na delegacia onde prestava esclarecimentos. Procurado, o coronel afirmou, por meio da assessoria da Polícia Militar, que o filho é maior de idade e que deveria responder pelos seus atos como qualquer cidadão. Adriano não vive com os pais há cerca de 2 anos.

O Estado de S.Paulo

13 Novembro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.