''Fico entre a beleza e a brutalidade de SP''

Vista da 9 de Julho: Do Viaduto Professor Bernardino Tranchesi se vê a avenida apinhada de prédios

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

25 Fevereiro 2011 | 00h00

Foi nas andanças noturnas por São Paulo que o arquiteto Lourenço Urbano Gimenes, de 34 anos, encontrou o seu lugar na metrópole. Sócio do escritório FGMF, considerado em 2009 um dos mais promissores pela revista britânica Wallpaper, Gimenes descartou uma obra específica de arquitetura e escolheu uma paisagem. A Avenida 9 de Julho rumo ao centro vista do Viaduto Professor Bernardino Tranchesi, atrás do Masp.

"Adoro aquele cânion urbano, com a beleza da perspectiva contorcida que vai acompanhando as curvas do vale", diz ele. "Fico entre a beleza e a brutalidade de São Paulo."

Morador de Pinheiros, na zona oeste, Gimenes gosta das grandes cidades. "Tenho até urbano no nome. Ou é uma feliz coincidência ou entrega uma obsessão."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.