Festival de rock é cancelado no MA

Com metade dos shows suspensos, Metal Open Air antecipa fim em meio à troca de acusações entre os organizadores

MARCELO MOREIRA, O Estado de S.Paulo

23 Abril 2012 | 03h06

Quem pagou o ingresso que dava direito a acampar no Parque Independência, em São Luís (MA), onde ocorria o festival de rock pesado Metal Open Air, acordou na manhã de ontem com o barulho de operários desmontando o que restou dos palcos do evento. Ainda não era oficial, mas os valentes que resistiram no estábulo que serviu de camping sabiam que era o fim.

O cancelamento oficial, em nota das duas empresas produtoras - Negri Concerts e Lamparina Produções -, só veio no fim da manhã, cancelando o festival e todos os shows daquele que seria o terceiro e último dia. O Procon de São Luís imediatamente abriu processo administrativo para investigar e eventualmente punir os organizadores.

No fim da noite de sábado, metade das 46 atrações tinha desistido de tocar. Os cancelamentos começaram na quinta-feira e prosseguiram por todo o fim de semana. Quem se aventurou a se apresentar, como as importantes bandas Megadeth e Symphony X, encontrou equipamentos precários de som e iluminação, além de problemas nos camarins.

Na madrugada de domingo, a banda alemã U.D.O. se recusou a tocar, o que praticamente selou o destino do evento, provocando troca de acusações entre os proprietários das duas empresas organizadoras.

Quanto ao público que teve coragem de permanecer no Parque Independência, resta apenas reclamar ao Procon, depois de ficar acomodado em estábulos e sofrer com a falta de água encanada e energia elétrica e de ter apenas um banheiro em condições de uso. Já os fornecedores e prestadores de serviço que não receberam se articulam para recorrer à Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.