Festas juninas com gosto internacional

De yakissoba a macarronada e caldo verde, a ideia é se esbaldar nos arraiais de São Paulo

Marcela Spinosa, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2010 | 00h00

Chegou a hora de os homens tirarem o chapéu de palha e a camisa xadrez do armário e, as mulheres, seus vestidos caipiras. A temporada de festas juninas em São Paulo começa neste fim de semana e termina só no final de julho.

Algumas quermesses incorporaram às atrações tradicionais elementos e comidas de outras nacionalidades, como japonesa e portuguesa. Exemplo disso é a da Igreja do Calvário, em Pinheiros, na zona oeste. Entre as 16 barracas de comida da festa, duas são dedicadas às culinárias japonesa e portuguesa. No cardápio, yakissoba, tempurá, linguiça portuguesa, bolinho de bacalhau e caldo verde. Nem a Bahia foi esquecia, com o acarajé e o vatapá. "É para agradar a todos os gostos", afirma Marcos Takaki, um dos organizadores da festa que começa hoje.

Mas, para a quermesse não perder o tom de festa caipira, as barracas restantes servirão pratos típicos. Quem estiver presente poderá se deliciar com vinho quente, quentão, milho verde, pé de moleque, paçoca, pipoca e algodão doce. O mais barato custa R$ 0,50 e o mais caro, R$ 9.

Já na Paróquia São Rafael, na Mooca, zona leste, a culinária italiana é o destaque. Entre as delícias típicas estão a famosa fogazza e a macarronada da mamma, mas também há espaço para as guloseimas de festas juninas.

Para quem preza a tradição, a dica é a quermesse da Catedral Anglicana, na Bela Vista, região central. "Não tem nada de moderno. Só comida típica", diz o reverendo Aldo Quintão. Nem os brinquedos para as crianças fogem ao tradicional: argola, boca de palhaço e pescaria.

PROGRAME-SE

Igreja do Calvário

De hoje até 4 de julho, aos sábados e domingos, das 18h às 23h. Além de comidas típicas, há culinária nipo-brasileira e portuguesa. Na esquina da Rua Cardeal Arcoverde com a Avenida Henrique Schaumann. Preço da entrada: R$ 7.

Paróquia São Rafael

Todos os fins de semana de junho, das 19h às 23h. Com jogos, apresentações artísticas e bingo. No Largo de São Rafael, s/nº, Mooca. Entrada gratuita.

Catedral Anglicana

Quinta-feira, das 14h às 22h, na Rua Comendador Elias Zarzur, 1.239, Bela Vista, na região central. A entrada custa R$ 5 para os adultos e R$ 2 para as crianças, com direito a sorteios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.