Festa tem piscina e música eletrônica

Beach clubs e hotéis levam DJs consagrados

Reginaldo Pupo, O Estado de S.Paulo

28 Dezembro 2013 | 02h06

SÃO SEBASTIÃO - Verão, praia e sol são sinônimos de balada à beira-mar no litoral norte. De olho nos jovens vidrados em música eletrônica, beach clubs e hotéis organizam nesta temporada festas com DJs consagrados. Os baladeiros encontram nos eventos vespertinos points cada vez mais raros na noite litorânea, por causa das exigências para o funcionamento de casas noturnas.

Ilhabela e Maresias, em São Sebastião, são destinos certos do turismo de balada, fenômeno que surgiu nos últimos anos na região. Há quem saia da capital paulista e do interior em busca de agitação pé na areia. Com um pouco de sorte, é possível fechar o dia em grande estilo apreciando o pôr do sol.

É o caso das amigas Érika Damasceno, de 18 anos, e Amanda Bueno Oliveira, de 19, que viajaram de Piracicaba para Ilhabela para ir no Sea Club. "Cansamos de ficar entre quatro paredes, sem ventilação", afirma Érika. "Aqui é diferente, ao ar livre, e com o mar para a gente se encantar", diz Amanda.

O casal Pablo Nunes, de 25 anos, e Suellen Dias Bertollo, de 23, saiu de São José dos Campos para se divertir no litoral norte. "Vamos com frequência até o Sirena, em Maresias, para aproveitar a praia de dia e curtir a baladinha à noite", diz Nunes.

Há quem defenda que a vida noturna de Maresias existe por causa do Club Sirena, que completou 20 anos e é conhecido por atrair gente bonita. Por lá, onde circulam famosos e endinheirados, já tocaram os top DJs mundiais Tiësto, Fatboy Slim, Deep Dish e Erick Morillo.

Agitação sob o sol. Em Maresias, enquanto o Sirena reina absoluto à noite, o beach club Parador comanda a agitação sob o sol. Os sunsets começam hoje, dentro e fora da disputada piscina. O DJ Magui abre a sequência de festas, seguido por Fabrício Miotoo Vs Danielo Stellet, amanhã.

Em Ilhabela, o Sea Club e o DPNY Beach Hotel são os mais disputados. Hoje, o Sea Club coloca Carlo Dall'Anese, Rafael Yapudjian, Gui Reif e Adriano Pagani nas pick ups. Já o DPNY tem vista privilegiada para o mar. O hotel, que tem gravadora e DJ próprios e já lançou quatro CDs duplos, aposta na house music para animar o público. Hoje, a festa terá o DJ Thiago Guiselini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.