Festa de São Paulo tem shows de Gilberto Gil e Daniela Mercury

As duas principais atrações de hoje e amanhã farão espetáculos gratuitos para multidões na celebração prolongada dos 462 anos da cidade

O Estado de S.Paulo

24 Janeiro 2016 | 03h00

SÃO PAULO - A festa pelo aniversário dos 462 anos de São Paulo dura três dias. Um luxo que a data, encostada no fim de semana, proporciona neste ano. A programação extensa, que lembra a de uma Virada Cultural por sua intensidade, começou ontem e segue até a noite de amanhã. As opções são variadas, em gêneros e propostas de shows. Ou seja, há endereços para quem se sente bem no calor humano das multidões e para os que preferem shows menos lotados.

A grande atração de hoje, com alto poder em arrastar multidões, é a baiana Daniela Mercury. Ela começa a cantar em cima de um trio elétrico na Avenida Faria Lima, às 16h30, na frente do Instituto Tomie Ohtake, e segue com ele em um itinerário que deve se espalhar por Consolação, Paulista e Rebouças.

Como shows populares dispensam repertórios novos, Daniela deve esquecer das músicas que acaba de lançar no disco Vinil Virtual. Se algo entrar, não serão mais do que duas. O que vai reger sua apresentação mesmo serão Swing da Cor, O Canto da Cidade, Nobre Vagabundo e Rapunzel. Ela diz que vai incluir rock and roll também. Por ter começado nos bares da noite de Salvador, Daniela sabe cantar bem tudo.

Em outro canto da cidade, no bairro de Cidade Tiradentes, Toni Tornado reaparece em um palco, ao lado do grupo Funkessência e dos cantores Lincoln Tornado (filho de Toni) e Luana Jones. Toni não lança discos nunca. Sua carreira só conheceu dois álbuns de estúdio, em 1971 e 1972, e é sobre eles que ergue seus repertórios. Sua força começa na presença de palco. Ele entra sempre depois de uma introdução arrebatadora de sua banda, vestindo um paletó colorido e brilhante.

BR-3 é sua maior vitória, com a qual ganhou o 5.º Festival Internacional da Canção, em 1970. Mas é normal incluir músicas que se tornaram conhecidas com Tim Maia. Seu show será no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (Rua Inácio Monteiro, 6.900), a partir das 19 horas.

O destaque desta segunda-feira, 25, será o show de Gilberto Gil no Centro Esportivo de Lazer Tietê (Avenida Santos Dumont, 843). Depois de uma abertura do grupo Demônios da Garoa, às 16 horas, com participações de Juçara Marçal, Rodrigo Campos e Ogi, Gil aparece em um formato que há muito não mostra aos paulistanos.

Ele e banda vão investir no set mais pop que conseguirem, o que inclui Realce, Expresso 2222, Palco, A Paz e Toda Menina Baiana. Não deve mostrar muito do que gravou em seu disco mais recente, Gilbertos Samba, só com músicas de João Gilberto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.