Ferrovia de 1914 é mantida por instituto

Pátio da Estrada de Ferro Perus-Pirapora: funcionou até 1983 às margens do Parque Anhanguera

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

02 de setembro de 2011 | 00h00

Existe uma área cheia de locomotivas antigas ao lado do Parque Anhanguera, na zona norte de São Paulo, onde o visitante tem a sensação de que não está nem na capital nem em 2011.

Chamado de Corredor, o local era o pátio da Estrada de Ferro Perus-Pirapora, que funcionou entre 1914 e 1983. Desde 2002, o Instituto de Ferrovias e Preservação do Patrimônio Cultural detém 15 km da ferrovia e seu acervo rodante. O acesso ao local é feito pela estrada para Perus que sai da Anhanguera.

"Nos fins de semana, tem uma locomotiva a diesel que ainda percorre 1,5 km até a antiga estação", conta o químico Ralph Giesbrecht, de 59 anos, pesquisador de ferrovias. "É um lugar que está praticamente no campo, mas ainda fica no Município de São Paulo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.