Ferido por bueiro será indenizado em R$ 30 mil

RIO

Tiago Rogero, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2011 | 00h00

A Companhia Estadual de Gás do Rio (CEG) foi condenada a indenizar em R$ 30 mil um rapaz vítima da explosão de um bueiro, em 2007, no centro do Rio. Rafael Gomes Penelas, de 19 anos, andava pela Rua Araújo Porto Alegre e foi atingido pela labareda da explosão. Ele sofreu queimaduras de segundo grau no rosto e no braço direito.

A sentença, de julho de 2010, foi mantida pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) na semana passada, segundo informação divulgada ontem. A CEG "tentou culpar a concessionária de energia Light, visto que, segundo a empresa, o evento decorreu de uma centelha produzida pela rede elétrica", segundo o TJ-RJ.

O juiz da 4.ª Vara Empresarial, Mauro Pereira Martins, homologou na semana passada o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre Ministério Público do Estado e CEG, que prevê multa de R$ 100 mil para cada explosão. Acordo semelhante já havia sido firmado com a concessionária de energia elétrica Light. Como o acidente que feriu Rafael foi antes do TAC, a multa não será aplicada.

O secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório, disse ontem que vai aumentar o número de equipes que monitoram os bueiros. Na sexta-feira, primeiro dia de trabalho, as equipes realizaram 154 inspeções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.