Feriado teve mais de mil acidentes e 34 mortos em São Paulo

Estradas do Estado registraram 1.092 acidentes com 493 feridos nos quatro dias de feriado prolongado

Fabiana Marchezi, Central de Notícias,

13 de julho de 2009 | 09h25

O feriado prolongado de 9 de julho teve 1.092 acidentes, com 34 mortos e 493 feridos nas estradas paulistas, segundo balanço da Secretaria Estadual dos Transportes. No entanto, o número é 20% menor em relação ao feriado de 2007, quando o feriado prolongado também teve quatro dias. De acordo com o balanço, também houve queda de 28% no índice de vítimas fatais.

Segundo o levantamento, entre as razões da melhora dos índices nesses dois anos está a intensificação do combate à bebida alcoólica nas estradas e a melhoria da malha viária. Para o cálculo do índice de acidentes a secretaria leva em consideração, além dos dados quantitativos, a extensão das rodovias, o volume diário médio de veículos nas estradas e o período analisado.

Em relação à fiscalização por parte dos policiais militares rodoviários, houve intensificação no controle rígido de direção associada à bebida alcoólica, de velocidade e na fiscalização de motocicletas. Foram aplicadas 13.735 autuações por infrações de trânsito em todo o Estado, sendo apreendidos 725 veículos, 255 carteiras de habilitação e 2.683 documentos de veículos por irregularidades. A secretaria registrou 49 casos de embriaguez, contra 27 em 2007.

Drogas

Durante o feriado da Revolução Constitucionalista, foram apreendidos 143,2 quilos de maconha e 13,5 quilos de cocaína. A pasta também informou a prisão em flagrante de 24 criminosos, sendo cinco procurados pela Justiça. Dezessete veículos foram recuperados e sete armas apreendidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.