Feriado começa com sol e termina chuvoso e frio

Segundo a meteorologia, o tempo bom vai predominar em todo o Estado, mas uma frente fria está prevista para o fim do sábado

Márcio Pinho e Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2011 | 00h00

O feriado de Corpus Christi começa animador para quem vai viajar. Apesar da névoa que deve aparecer na manhã de hoje, o sol vai predominar durante todo o dia no Estado de São Paulo, segundo o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).

O céu de brigadeiro só deve acabar no final do sábado ou no domingo, em razão da chegada de uma frente fria a São Paulo. A previsão é de chuva em grande parte do Estado na tarde e na noite de domingo, horário da Parada Gay, na capital.

Até lá, as temperaturas serão agradáveis. Hoje, na capital, devem variar entre 13°C e 25°C, segundo o CPTEC. O termômetro pode avançar mais em cidades do interior, que costumam ser a preferência em relação ao litoral no feriado de Corpus Christi. Em Bauru, a previsão é de temperaturas entre 13°C e 26°C.

Já em Campos do Jordão, o frio típico da cidade vai aparecer, e hoje os termômetros variam entre 5°C e 21°C. Não há previsão de geada. Para quem quer pegar uma praia, amanhã deve ser o dia mais quente do feriado no litoral, com máxima de 29°C no Guarujá.

Estradas. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estima que 1,6 milhão de veículos da frota de 7 milhões da capital deixarão a cidade neste feriado. Quem decidiu viajar ontem enfrentou trânsito. A cidade chegou a registrar 129 km de congestionamentos às 18 horas, 28% acima da média para o horário. A situação melhorou por volta de 20 horas, quando a lentidão já estava abaixo da média diária.

Nas estradas, o tráfego era intenso, mas sem lentidão no final da noite de ontem. Mais cedo, a situação se complicou nas estradas para o interior. Ayrton Senna e Raposo Tavares chegaram a registrar 12 km de lentidão. Na Régis Bittencourt, o congestionamento era de 13 km em dois trechos por volta das 19 horas.

Hoje. A maioria das concessionárias prevê trânsito complicado hoje pela manhã. A Ecovias só vai acionar a Operação Descida hoje. Entre as 10 horas e as 16 horas, as duas pistas da Anchieta e uma da Rodovia dos Imigrantes funcionarão no sentido litoral. A expectativa é de que 250 mil veículos usem o sistema.

Já a Autoban, que administra as Rodovias Anhanguera e Bandeirantes, calcula que 780 mil veículos usarão as duas estradas. O pior horário para viajar é entre 8 horas e 13 horas.

Alguns pontos das rodovias do Estado merecem atenção especial dos motoristas. O km 26 da Rodovia Castelo Branco, na saída para a Estrada dos Romeiros, no acesso de Santana de Parnaíba, deve ser um ponto de congestionamentos.

A cidade deve receber milhares de turistas atraídos pela tradição dos tapetes de Corpus Christi. A concessionária Viaoeste promete suspender obras que prejudicam o tráfego até o meio-dia de segunda-feira.

Já a Rodovia Raposo Tavares tem um trecho crítico entre os km 92 e 105, na região de Sorocaba. Lá, a construção de marginais deixa o trânsito confuso. Na Rodovia Presidente Dutra, obras nos km 150, 38, 64 e 240 provocam alterações no tráfego.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.