Faróis: rodízio de lâmpadas

Por falta de material para operação em estoque, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), até maio do ano passado, estava tirando lâmpadas de um semáforo em funcionamento para colocar em outro, quebrado - deixando ambos os faróis operando parcialmente. O Estado flagrou e filmou uma dessas operações, em um cruzamento no Ipiranga, zona sul da capital.

O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2013 | 02h02

Na época, a Prefeitura negou o desabastecimento de material para reposição do estoque - e chegou a mostrar à reportagem uma caixa com lâmpadas, alegando que o material seria suficiente para repor todos os semáforos quebrados da cidade.

No começo deste ano, diante de seguidos "apagões" após as tempestades de verão, que deixaram centenas de semáforos quebrados, alguns durante cinco dias, o prefeito Fernando Haddad (PT) disse que a empresa está sucateada e prometeu verba de R$ 150 milhões para reformar o parque semafórico. / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.