Famílias com parentes no Japão são achacadas

A Polícia Civil de Sorocaba prendeu ontem em flagrante Nivaldo de Souza Andrade, de 50 anos, acusado de aplicar golpes em famílias que tinham parentes trabalhando no Japão. Andrade procurava os familiares e alegava que os parentes estavam com problemas no outro país. Na abordagem, apresentava-se como delegado da Polícia Federal ou representante do consulado japonês. O homem exigia dinheiro para resolver os supostos problemas. Ele responde a mais de 50 processos e sua ficha corrida soma 24 metros.

O Estado de S.Paulo

28 Março 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.