Família tenta liberar corpos na Itália

Parentes tentam liberar os corpos das quatro vítimas brasileiras que morreram em razão das enchentes de Sardenha, na Itália, na terça-feira. Não há definição sobre os enterros ou sobre a liberação dos corpos. Segundo familiares, o agricultor morto na enchente estava na Itália havia oito anos. Eles planejavam voltar ao Brasil no ano que vem.

O Estado de S.Paulo

21 Novembro 2013 | 02h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.