Família quer R$ 12 mi por morte de menina

A família de Grazielly Almeida Lames, morta aos 3 anos ao ser atropelada em fevereiro por um jet ski desgovernado conduzido por um menino de 13 na Praia de Guaratuba, em Bertioga, na Baixada Santista, protocolou ontem pedido de indenização de R$ 12 milhões. A ação por danos morais e materiais é contra José Augusto Cardoso Filho, padrinho do menino e dono do jet ski, e mais quatro pessoas.

O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.