Família no Rio vai pedir indenização de R$ 4,4 milhões

A família da psicóloga Luciana Clarkson Seba, de 31 anos, uma das vítimas do voo AF-447 da Air France, vai recorrer para aumentar o valor da indenização a ser paga pela Air France.

Tiago Rogero, O Estado de S.Paulo

13 Maio 2011 | 00h00

Eles conseguiram, no Tribunal Justiça do Rio, um reajuste no valor das indenizações de R$ 1,2 milhão para R$ 1,6 milhão, mas agora vão pleitear um valor de R$ 4,4 milhões, segundo o advogado João Tancredo.

No entanto, Tancredo só vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) quando a Air France fizer o mesmo. "Estão todos muito esgotados, precisando de um "fechamento" nessa história. São quase dois anos", disse o advogado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.