Família fica 3 horas refém de quadrilha em Cotia

Bando rendeu a família com escopeta calibre 12, revólver calibre 38 e facão

Andressa Zanandrea, Jornal da Tarde

14 de fevereiro de 2008 | 08h58

Após terem a casa invadida, cinco pessoas de uma família ficaram durante três horas nas mãos de uma quadrilha, em Cotia, na Grande São Paulo. Cinco bandidos chegaram ao local por volta das 15 horas de quarta-feira, 14, e saíram às 18 horas, com aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos, dinheiro e outros objetos de valor. Parte do roubo foi recuperada e um dos ladrões, um adolescente, foi apreendido. Armados de escopeta calibre 12, revólver calibre 38 e facão, o bando chegou à casa, na Estrada da Fazenda Santa Rosa, no Residencial Palma de Maiorca, e rendeu a família. Os reféns foram amarrados e trancados em um quarto e em um banheiro. Dois homens levaram coronhadas. Dois dos bandidos conseguiram fugir com dinheiro e objetos de valor, em duas motos Titan que estavam na garagem da casa: uma preta, de 150 cilindradas, e a outra cinza, de 125 cilindradas. Após saírem dos cômodos em que foram mantidas trancadas, as vítimas procuraram ajuda de guardas civis municipais, e indicaram um matagal por onde os bandidos poderiam ter fugido.  Os guardas entraram no mato e encontraram os outros três ladrões, com parte dos equipamentos roubados. Após uma troca de tiros, dois dos bandidos fugiram. O terceiro, um adolescente, de 17 anos, foi apreendido e será encaminhado à Fundação Casa. No mato, os guardas conseguiram recuperar três televisões, um computador, um microondas e uma roçadeira manual, além do facão usado pelo bando e da escopeta, que estava com o menor. O assalto foi registrado no Distrito Policial Central de Cotia.

Tudo o que sabemos sobre:
Cotiaviolênciacárcere para roubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.