Família de morto em acidente da TAM deve receber R$ 600 mil

Indenização será paga aos pais, irmãos e filho de taxista que morreu na queda de Airbus em julho passado

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

11 de dezembro de 2007 | 20h10

A 42.ª Vara Cível da capital paulista homologou na segunda-feira, 10, a indenização de R$ 600 mil para os pais, irmãos e filho do taxista Thiago Domingos da Silva, vítima do acidente com o Airbus A320 da TAM no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade, em 17 de julho deste ano. Ao todo, 199 pessoas morreram após a tentativa frustrada de aterrissagem do avião. Segundo o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, a parte correspondente ao filho de Silva, que é menor de idade, será depositada judicialmente e levantada quando ele completar 18 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
TAMAirbusCongonhasAcidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.