Faltam dados do tráfico de pessoas no País

VIOLÊNCIA

, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2010 | 00h00

O 1.º Encontro Nacional da Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, ontem em Belo Horizonte, mostrou que faltam dados confiáveis sobre o crime no Brasil. Sabe-se apenas que, entre 2002 e 2008, 211 pessoas foram processadas e condenadas por tráfico no País. As autoridades criticaram a política de enfrentamento do tráfico de pessoas em países do hemisfério norte. Para o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, em muitas nações as penalidades recaem sobre os imigrantes ilegais "e não sobre as quadrilhas especializadas no tráfico", o que facilita a atuação dos criminosos. Para o ministro, há uma "hipocrisia".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.