Faltam 13 mil vagas em prisões femininas

Faltam 13 mil vagas em prisões para mulheres no Brasil. Elas são 35.039, crescimento de 256% em relação a 2001 (10.112). No mesmo período, o total de presos homens aumentou 130%. Os números estão em documento do Ministério da Justiça, que será apresentado hoje no Conselho Nacional de Justiça. O ministério apresentará a minuta de uma nova política de encarceramento especial para as mulheres.

O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.