Falta de sinalização faz Prefeitura adiar proibição de motocicletas

Falta de sinalização faz Prefeitura adiar proibição de motocicletas

O atraso para implementar a sinalização nos novos trechos da Marginal do Tietê adiou a proibição de motocicletas na pista expressa da via. A princípio, a regulamentação teria início no sábado, dia da inauguração da obra, segundo havia informado o secretário municipal dos Transportes, Alexandre de Moraes. A proibição entrará em vigor no dia 19 de abril.

, O Estadao de S.Paulo

30 Março 2010 | 00h00

Segundo a Secretaria dos Transportes, os consórcios responsáveis pelas obras devem concluir a sinalização de toda a via na "primeira quinzena de abril". A Marginal do Tietê é a via paulistana campeã em acidentes com mortes: foram 50 no ano passado. Desses, 32 envolveram motociclistas (64%). A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) prevê uma diminuição de 40% na quantidade de acidentes graves com motos na Marginal do Tietê após a proibição de circulação na via expressa.

Velocidade. Também no dia 19 entra em vigor o limite de velocidade da nova pista: 70 km/h. Inicialmente, cogitou-se em estabelecer 80 km/h ? o limite da expressa é 90 km/h e o da local, 70 km/h ?, mas a CET decidiu reduzir os riscos de acidentes.

A Secretaria dos Transportes também afirmou que, na data programada, vai começar a funcionar na nova pista a faixa preferencial para ônibus. A circulação especial para os coletivos será na faixa mais à direita, em toda a extensão da Marginal do Tietê. Ao contrário dos corredores exclusivos, outros veículos poderão utilizar a faixa, desde que seja no momento de entrar ou sair da via./ R.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.