Falta de sangue em SP pode cancelar cirurgias

Os estoques de bolsas de sangue na Hemorrede do Estado de São Paulo (composta por 6 hemocentros, 17 hemonúcleos e 50 postos de coleta) estão abaixo da média e hospitais correm o risco de ter de cancelar cirurgias eletivas por falta de sangue. De acordo com Osvaldo Donini, coordenador da Hemorrede, a Fundação Pró-Sangue - que abastece 120 hospitais - está com apenas 40% do estoque. "Precisamos reabastecer a rede, especialmente por causa da proximidade de feriados e do fim de ano."

O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2013 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.